terça-feira, 20 de setembro de 2011

a dor !



Já percebeu que quando algo te dói e te dói profundamente você fala sobre ela ? é como se todas as vezes que você falasse diminuísse a dor imensa que você sente a dor que corrói teu peito como acido úrico, a verdade é que a dor não diminui apenas perde seu valor, deixa de ser a TENEBROSA dor para se tornar simplesmente  " aquela " dor, a dor de um coração partido, de um alguém que já se foi, de uma crise mal resolvida, de um casamento mal elaborado, a dor de amar e não ser amado, essa dor é diferente, vem mais pra uns menos pra outros, eu sei bem como é , na hora é só pressão o caos intenso e você mal sabe oque pensar, como deve agir oque deve fazer e se esforça ao máximo para ficar de pé, não precisa, pode sentar não tenta tampar a chuva com a peneira, deixe ela vir , deixe ela molhar, depois é só se secar, não esconda a dor, não a ignore, não finja que ela não está lá, fale sobre ela, faça com que ela perca teu valor, só assim abri espaço para ela comprar o imóvel que há no teu peito, só dando espaço para dor haverá espaço para alegria consegue entender agora ?
 ignorando ela você irá ignora a você mesmo , portanto abra um espaço para ela abra os braços e deixe ela vir, como tem de vir, lembra que uma vez eu disse que primeiro é a tempestade e depois o arco-íris ? pois é, essa é uma dessas situações.

Nenhum comentário:

Postar um comentário