sexta-feira, 16 de setembro de 2011

A brincadeira do compasso

 

Eu não acreditava nessas paradas de brincadeira do compasso, brincadeira do copo, espírito preso e os carai a 4, mais a uns dias atrás na escola surgiu a ideia de fazer a brincadeira do compasso, só que não sabíamos como funcionava fiquei de ver como se fazia e no dia seguinte bricavamos, mais no dia seguinte esquecemos disso, e esse assunto foi pra bem longe, mais hoje mais uma vez falaram vamos fazer a brincadeira do compasso já que não temos nenhum copo virgem aqui, tudo bem, eu quis jogar, é eu já sabia como funcionava porém nunca tinha brincado, no começo não estava com medo e de certo modo estava achando aquilo engraçado, e jogamos a primeira partida e nada demais aconteceu, só que o compasso caía sempre no não quando pedíamos para encerrar o jogo, enfim entre milhares de tentativas ele caiu no sim, eu queria parar porque não tinha graça sei lá, bom, todos que não estavam jogando e que estavam de fora olhando saíram de perto foram para o outro lado da sala faziam rodinhas e conversavam sem parar, e nós lá sem ter oque fazer então resolvemos fazer mais uma vez, dessa vez começou a ficar mais interessante, tudo bem que as pessoas que estavam jogando não eram tão interessantes assim rs, mais o jogo em si estava esquentando, perguntávamos sem parar, soubemos que aquilo que mexia o compasso era homem, 35 anos, era do mal & seu nome é Minop, até ai nada demais, o jogo começou a ficar lento e chato como o da primeira vez, então a Mayara pediu permissão pra sair, e o compasso parou de se mexer no não, beleza, ficamos bem o jogo começou a esquentar novamente e eu até me arrepiei, perguntamos você realmente está ai Minop ? e o compasso parou no sim, então o David perguntou, você quer provar que está aqui ? e compasso mais uma vez parou no sim, o gustavo um tanto quanto insistente perguntou você vai provar agora que está aqui ? e sem surpresas ele parou no sim, então ele disse então prova logo eu apenas sorri porque achei engraçado ele gritando com um compasso, nessa hora a Mayara colocou a mão no bolso da jaqueta e disse meu celular ta vibrando e o Robsson que estava com o celular na  mão falou, o meu também, ai o David falou meu celular também ta vibrando, tá confesso que comecei a ficar assustada, mais tudo bem podia ser apenas uma GRAANDE conhecidencia não é ?, não, voltamos a perguntar, perguntamos se foi ele que tinha feito aquilo e ele respondeu que sim, perguntamos aquilo não foi só uma conhecidencia ? e o compasso foi ao não, e então colocaram os três celulares sobre a mesa, e chegou a minha vez de perguntar eu um pouco nervosa segurava o compasso meio tremula, então perguntei você pode fazer isso outra vez ? e o compasso caiu ao sim nessa hora os três celulares vibraram em cima da mesa ao mesmo tempo, larguei o compasso e sai correndo assim como todos que estavam jogando, três celulares vibrarem do nada ao mesmo tempo uma vez tudo bem, mais e duas ?  o David lembrou que tínhamos que pedir permissão pra sair do jogo , voltamos lá, é eu já estava com lágrimas sobre os olhos, com as pernas tremulas, e um arrepio que chegava até a minha coluna, e então ele pediu permissão para encerrar o jogo e a permissão foi concedida, nunca passei um susto tão grande em toda a minha vida, pra quem não acreditava e estava até achando engraçado foi uma surpresa e tanto, é eu sei que não acreditava, e estava zombando daquilo mais é verdade, ele se mexe sem muito esforço, eu sei que não é uma brincadeira sagrada de modo nenhum seria isso, peço a vocês que não brinquem com isso, porque aquilo é real, e não para, se ele não deixar você sair , você tem que continuar até até ... até ele acabar o problema é que ele acaba quando ele quer, eu sei que você não acredita e nem sente medo, não agora não é ? quer dizer você nem viu oque aconteceu, eu posso estar mentindo não é ? ai fica um pouquinho mais difícil de acreditar, eu sei que a curiosidade para fazer isso é enorme, se quer jogar , jogue , mais assuma suas responsabilidades depois disso, espero que vocês saibam oque fazer, bye bye (:

Nenhum comentário:

Postar um comentário