quarta-feira, 6 de abril de 2011



Se acustume com a minha ausencia, enquanto eu estiver porque eu posso sair pela porta da frente e não voltar nunca mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário